Hayek e as duas formas de Racionalismo (4): o racionalismo construtivista (ingênuo) e o direito.

Para Hayek, é falsa a presunção de que o homem alcançou o domínio sobre o mundo apenas através da sua capacidade para dedução lógica a partir de premissas determinadas. Muitas das instituições da sociedade que são condições para a busca bem sucedida de nossos objetivos conscientes, resultam, na verdade, de costumes, hábitos ou práticas que …